Você sabe por que o leite materno é o ideal para o seu bebê?

medium_338724105Muito se fala sobre os aspectos nutricionais dos alimentos na mídia. Nas prateleiras dos supermercados observamos óleos vegetais com ômega 3, alimentos isentos de colesterol, pobres em gorduras saturadas e assim por diante. O consumidor está ficando esclarecido e exigindo seus direitos.

Você sabe por que o leite materno é o alimento ideal para o seu bebê?

Porque é um alimento de grande complexidade biológica sem substituto equivalente.

A lactose, açúcar predominante no leite materno, e a presença de uma substância denominada Fator Bifidus favorecem o crescimento de Lactobacilus no intestino do bebê, que protegem contra o crescimento de germes patogênicos.

No leite materno existe um Fator de Crescimento responsável por acelerar o desenvolvimento das células intestinais do recém nascido. Este crescimento é importante para impedir a entrada de substâncias estranhas no organismo do bebê que possam desencadear processos alérgicos em fases posteriores de sua vida.

É importante salientar que outros leites, quando fornecidos aos bebês nos primeiros dias após o nascimento, podem intervir nos mecanismos protetores acima mencionados.

O leite materno é rico em proteínas de defesa imunológica e gordura ômega 3, importantes no desenvolvimento do sistema nervoso central do recém nascido e na formação da retina ocular. O conteúdo desta gordura é quase quatro vezes maior no leite materno do que no leite de vaca. A proteína do leite materno é de mais fácil digestão do que a do leite de vaca ou fórmulas.

Além das vantagens imediatas, o leite materno pode trazer benefícios por toda a vida. Seguem alguns:

  • Crianças exclusivamente amamentadas por ao menos seis meses têm incidência diminuída de obesidade e hipertensão na adolescência;
  • Crianças que recebem fórmulas infantis à base de leite de vaca antes dos dois meses de idade têm mais probabilidade de desenvolver diabetes;
  • Crianças amamentadas exclusivamente têm menos infecções de ouvido do que as não amamentadas;
  • A amamentação protege também contra diarreia e infecções das vias respiratórias da criança devido às características protetoras e imunológicas do leite materno citadas anteriormente;
  • Crianças alimentadas ao seio apresentam melhor visão e desempenho em testes cognitivos quando amamentadas por períodos prolongados;
  • Amamentar exclusivamente pode reduzir o risco de câncer de ovário e de mama que surgem antes da menopausa.

Além de suas vantagens nutricionais e de defesa, amamentar é prático, econômico e aumenta o vínculo entre a mãe e o filho. Com tantas vantagens é possível não incentivar este consumo?

AMAMENTE E INCENTIVE A AMAMENTAÇÃO! VOCÊ ESTARÁ INCENTIVANDO A SAÚDE!

___

Relatora:
Dra. Vera Lúcia Figueiredo Senise
Membro do Departamento Científico de Neonatologia da SPSP.

Publicado no site da SPSP em 01/08/2007.
photo credit: ODHD via photopin cc

Este blog não tem o objetivo de substituir a consulta pediátrica. Somente o médico tem condições de avaliar caso a caso e somente o médico pode orientar o tratamento e a prescrição de medicamentos.

Licença Creative Commons
Este obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil.

Author: SPSP

Share This Post On