Tosse, uma queixa comum nos atendimentos pediátricos

A tosse é uma queixa frequente em atendimentos nos serviços de saúde e nos consultórios pediátricos. É um dos sintomas que preocupam e angustiam muito os pais, interferindo nas atividades diárias e no sono de todos na casa. Ela nada mais é do que um mecanismo de defesa dos pulmões com o objetivo de impedir a inalação de substâncias nocivas ou corpo estranho, além de facilitar a eliminação de secreções do trato respiratório.

A tosse é um sintoma presente em diversas doenças de origem respiratória, com impacto na qualidade de vida das crianças e suas famílias. Quando o quadro é infeccioso, o seu principal agente causal são os vírus, que causam os resfriados. As crianças normalmente podem ter cerca de oito a dez resfriados por ano e a maioria dura de cinco a sete dias. O sistema imunológico, isto é, a defesa do organismo da criança pequena, ainda é imaturo, o que origina uma maior vulnerabilidade para muitas infecções associadas à tosse prolongada. O início precoce das crianças nas escolas é um dos fatores que facilitam o aparecimento de mais infecções.

A maioria das causas infecciosas das tosses em crianças se resolve em uma a três semanas. Além disso, na vigência de um resfriado causado por um vírus, a criança pode ter uma infecção por outro vírus e prolongar o período de tosse. As infecções virais são episódicas, mais frequentes no outono e inverno, em condições em que as crianças estão mais aglomeradas, como nas creches e berçários e em situações de exposição à poluição ambiental, principalmente ao fumo. A tosse é um sintoma e não é um diagnóstico. Devemos sempre identificar a sua causa e não apenas dar medicamentos para suprimi-la.

tosse

Tosse relacionada a doenças

Algumas doenças são comuns na infância, como bronquiolite e asma. A bronquiolite geralmente ocorre nos primeiros dois anos, principalmente nos seis primeiros meses de vida, e a causa é viral. Em geral, ela começa como um resfriado com febre, espirros e após alguns dias cursa com tosse, chiado no peito e/ou falta de ar. Há maior gravidade em crianças menores de três meses, prematuros, aquelas com cardiopatia congênita ou alguma outra doença pulmonar de base. A maioria melhora em torno de 7 a 14 dias. Em situações mais graves, pode evoluir com falta de ar e necessidade de internação hospitalar.

Já a asma é outra doença pulmonar frequente na infância e que apresenta crises de tosse seca, chiado de repetição associada ou não a desconforto respiratório. A tosse predomina à noite e pela manhã, tem história familiar e é muitas vezes associada à rinite alérgica. Há medicamento especifico para tratamento da asma.

A criança com tosse súbita e sufocamento necessita de atendimento médico imediato para afastar aspiração de corpo estranho nas vias aéreas. Toda tosse com falta de ar precisa ser avaliada pelo pediatra.

A tosse crônica, quadro que dura mais de quatro semanas, requer uma maior investigação de doença de base, principalmente quando é recorrente ou persistente, acompanhada de dificuldade de crescimento e ganho de peso. Uma história detalhada, seguida de um exame físico minucioso pelo médico, é essencial para orientar a investigação e pedir os exames necessários.

A exata identificação da causa da tosse crônica deve ser seguida de um tratamento específico. A abordagem sintomática com antitussígenos e mucolíticos é excepcionalmente necessária e deveria ser reservada para algumas situações específicas. Vários estudos demonstraram que esses medicamentos são ineficazes. Portanto, a melhor estratégia para a prevenção de infecções agudas do trato respiratório é a vacinação.

___
Relatora:
Dra. Sonia Mayumi Chiba

Presidente do Departamento de Pneumologia da SPSP.

Publicado em 28/07/2017.
photo credit: Semevent | Pixabay.com

Este blog não tem o objetivo de substituir a consulta pediátrica. Somente o médico tem condições de avaliar caso a caso e somente o médico pode orientar o tratamento e a prescrição de medicamentos.

Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil.

Author: SPSP

Share This Post On