Quem dorme mal come porcaria

dreamstime_xs_12026831Matéria publicada na Folha Equilíbrio mostra uma pesquisa que sugere que comidas não saudáveis, como doces e salgadinhos, atraem mais a atenção das pessoas que dormem menos do que o recomendado. O estudo, liderado por uma professora do Instituto de Nutrição Humana da Universidade Columbia, em Nova York (EUA), chegou à essa conclusão examinando áreas do cérebro que eram ativadas quando voluntários olhavam para comida saudável e não saudável.

Os pesquisadores descobriram que, ao ver junk food, o grupo que dormia menos tinha ativados seus centros cerebrais ligados à sensação de recompensa. O artigo diz que, embora apenas os que tiveram poucas horas de sono tinham a atenção voltada para as opções não saudáveis de alimentos, o processo é reversível, ou seja, após uma boa noite de sono as mesmas pessoas não apresentaram a ativação cerebral típica registrada anteriormente ao ver junk food na frente delas.

FONTE: Folha Equilíbrio, 11 de junho de 2012.
http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/1102908-quem-dorme-menos-ingere-mais-junk-food-indica-estudo.shtml

Comentário:
Dra. Márcia Pradella-Hallinan
Presidente do Departamento Científico de Medicina do Sono na Criança e no Adolescente da SPSP.

Os estímulos tecnológicos modernos tem muita relação com monitores – jogos interativos na internet, bate-papos em redes sociais. Assim as crianças e adolescentes atrasam o horário de dormir, dormem menos do que o necessário e acabam por sofrer o que conhecemos como privação crônica de sono. Esse estado leva a desequilíbrios de neurotransmissores e fatores hormonais ligados à sensação de fome e saciedade, propiciando o aumento de peso.

É como se o organismo tentasse compensar a falta de sono com alimentos ricos em açúcares (carboidratos) e gorduras, geralmente, por isto mesmo saborosos e com aspecto visual agradável. Felizmente, se o hábito for cortado a tempo isto pode ser reversível.

Entretanto, estamos vivendo uma verdadeira epidemia de obesidade infantil, estimulada pelas tecnologias, sedentarismo, e, junto, maus hábitos alimentares e de sono.

___
Publicado no site da SPSP em 05/09/2012.
Foto: © Andrew Arestov | Dreamstime.com

Este blog não tem o objetivo de substituir a consulta pediátrica. Somente o médico tem condições de avaliar caso a caso e somente o médico pode orientar o tratamento e a prescrição de medicamentos.

Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil.

Author: SPSP

Share This Post On