Problemas comportamentais

dreamstimefree_75969Se um bom trabalho for realizado na primeira infância certamente pouparemos problemas no futuro, criando-se uma sociedade mais harmônica, com indivíduos mais felizes e produtivos, e famílias mais bem estruturadas.

Estamos vivendo um período especialmente de transformações sequenciais na organização da sociedade, das relações familiares, no volume de informações e outros tantos acontecimentos que de algum modo interferem no comportamento das pessoas. Como lidar com estas mudanças, como inseri-las de modo produtivo e vantajoso para os indivíduos, considerando em particular os momentos iniciais do desenvolvimento, visando particularmente as crianças.

Este tem sido um dos temas mais instigantes e que tem merecido interesse de profissionais que lidam diretamente com esta faixa etária e ao mesmo tempo de legisladores ligados a estes setores buscando estabelecer políticas públicas que favoreçam a inserção de ações para a promoção da saúde infantil de modo abrangente. Esta tem sido uma preocupação de nível internacional e felizmente também em nosso País.

Muito conhecimento, normas e protocolos existem com este objetivo e são de divulgação ampla; boa parte dos serviços de saúde tem acesso e os praticam. Entretanto, o que se tem verificado é uma atenção mais dirigida aos cuidados físicos, nas áreas de prevenção e tratamento. Pouco se amplia em termos dos cuidados em relação aos aspectos emocionais, que deixam de ser contemplados no atendimento ambulatorial pediátrico rotineiro. Muito pouco mesmo se faz para orientar e tratar problemas comportamentais já estabelecidos, e menos ainda para esclarecimento e orientação dos familiares no sentido da prevenção de futuras alterações nesta área.

Com esta finalidade o UNICEF, por meio da sua Unidade de Early Childhood Developmental, estará promovendo neste mês de abril, na sua sede em Nova York, uma reunião com profissionais experientes e de diversos países sobre: O que falta conectar: Compreendendo as Múltiplas Influências sobre o Desenvolvimento e Funcionamento Cerebral. Certamente serão salientados aspectos nutricionais, vacinais e outros das consultas de rotina; entretanto, considerando a ocorrência frequente e crescente das alterações comportamentais em crianças, será dada uma ênfase particular na compreensão dos seus determinantes e quais as possíveis ações que poderiam prevenir estas manifestações.

Será uma excelente oportunidade para uma troca de informações e vivências deste seleto grupo, de reflexões e sugestões que poderão favorecer propostas, num futuro imediato, de iniciativas com o objetivo de identificar as estratégias profiláticas que poderiam ser utilizadas. É certo que muito já sabemos a respeito, mas difícil na prática é a implementação destas ações. Acreditamos que, aproveitando a intermediação da UNICEF, a sua credibilidade e capacidade de comunicação, seja possível disseminar a importância do investimento na primeira infância, sendo importante a compreensão de que é nesta fase que se organizam os alicerces para o desenvolvimento futuro do indivíduo. Se um bom trabalho for realizado neste período da vida certamente pouparemos problemas no futuro, criando-se uma sociedade mais harmônica, com indivíduos mais felizes e produtivos, e famílias mais bem estruturadas. Por outro, não estaremos dispendendo recursos financeiros que poderiam ser utilizados em outros benefícios sociais e que estariam sendo consumidos por problemas comportamentais perfeitamente preveníveis.

___
Relator:
Dr. Saul Cypel
Departamento Científico de Neurologia da SPSP

Publicado em 07/04/2014.
photo credit: Phil Date | Dreamstime Stock Photos

Este blog não tem o objetivo de substituir a consulta pediátrica. Somente o médico tem condições de avaliar caso a caso e somente o médico pode orientar o tratamento e a prescrição de medicamentos.

<a href=”http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/deed.pt_BR” rel=”license”><img style=”border-width:0;” alt=”Licença Creative Commons” src=”http://i.creativecommons.org/l/by-nc-nd/3.0/br/88×31.png” /></a>
Esta obra foi licenciado sob uma Licença <a href=”http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/deed.pt_BR” rel=”license”>Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil</a>.

Author: SPSP

Share This Post On