Previna queimaduras!

Dia 6 de junho é o Dia Nacional de Luta Contra Queimaduras. A ONG CRIANÇA SEGURA e a PROTESTE – Associação de Consumidores, com o apoio da Sociedade de Pediatria de São Paulo, solicitam a participação de todos na mobilização contra as queimaduras causadas por álcool, através do Twitter, no dia 04/06 (das 12 às 13h00 e das 18 às 19h00) e no dia 06/06 (das 12 às 14h00).

Todos pela prevenção

????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????A prevenção é a única medida realmente eficaz para se evitar o sofrimento, as complicações e as mortes causadas pelas queimaduras. Abaixo listamos os cuidados para proteger uma criança de queimaduras:

  • A cozinha é o local onde ocorre a maior parte das queimaduras. Mantenha as crianças longe da cozinha e do fogão durante o preparo das refeições. Coloque barreira física (portãozinho fixado no batente da porta da cozinha).
  • Utilize de preferência as bocas de trás do fogão e os cabos das panelas voltados para dentro.
  • Elimine panelas amassadas ou com alças que possam se soltar.
  • Teste a temperatura da mamadeira no dorso de sua mão antes de oferecê-la à criança.
  • Cuidado ao manusear líquidos quentes. Nunca se aproxime do fogão ou fume com a criança no colo.
  • Deixe travessas longe das bordas de balcões, pias e mesas e evite usar toalhas de mesa que possam ser puxadas pelas crianças.
  • Cuidado ao preparar o banho: coloque primeiro a água fria. Teste a temperatura (com a parte interna dos cotovelos) antes de colocar o bebê ou a criança no banho. Não deixe que a criança maior regule a água do chuveiro sozinha.
  • Álcool e outros produtos inflamáveis (querosene, gasolina, óleo diesel, thiner, acetona) não devem ser mantidos em casa. Estes produtos pegam fogo facilmente, na presença de chama ou faísca.
  • Nunca jogue álcool sobre chamas e brasas (para acender a churrasqueira, fogueira) ou o utilize-o para cozinhar. O álcool poderá explodir, provocando queimaduras graves ou até fatais, em muitas pessoas.
  • Desligue lampiões, lamparinas e velas antes de se deitar ou de sair.
  • Não faça “gambiarras” e “gatos” com fios elétricos. Isso pode custar a vida do seu filho.
  • Verifique os perigos de incêndio. Procure por fios desencapados ou materiais inflamáveis próximos a fontes de calor.
  • Ferro de passar e aparelhos elétricos: não deixar ligados e próximos das crianças.
  • Proteja as tomadas elétricas com dispositivos adequados e difíceis de retirar.
  • Ensine a criança a não brincar próximo à rede elétrica, principalmente com pipas, e nem com fogos de artifício.

___
Relator:
Departamento Científico de Segurança da SPSP.

Publicado em 5/06/2014.
photo credit: Viorel Sima | Dreamstime.com

Este blog não tem o objetivo de substituir a consulta pediátrica. Somente o médico tem condições de avaliar caso a caso e somente o médico pode orientar o tratamento e a prescrição de medicamentos.

Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil.

Author: SPSP

Share This Post On