Por que cuidar dos dentes de leite?

Os dentes decíduos são conhecidos popularmente como dentes de leite, porque são brancos, da cor do leite. Sua formação é iniciada ainda durante a gestação, a partir da oitava semana. Por isso, os cuidados devem começar mesmo antes do nascimento: uma alimentação balanceada e variada da gestante, bem como cuidados com a saúde em geral, são importantes para o bom desenvolvimento desses dentes, evitando alterações durante seu desenvolvimento.

oksun70 | depositphotos.com

É recomendado que toda gestante realize o pré-natal e passe em consulta com um odontopediatra durante o período gestacional para receber informações sobre como cuidar da saúde de seus dentes e do seu bebê.

Existe uma sequência ideal de chegada dos dentes de leite para o melhor encaixe na boca, a chamada oclusão. Uma boa oclusão permite uma função mastigatória eficiente e proporciona um sorriso saudável. O primeiro dente aparece geralmente aos seis meses de idade. No entanto, alguns bebês podem já nascer com dentes ou ter seu aparecimento antes ou depois dos seis meses e isso pode ser considerado normal. Entre dois e três anos de idade, a criança deverá ter 20 dentes de leite, sendo 10 superiores e 10 inferiores. Os pais podem contar o número de dentes presentes na boca da criança e observar se há dentes a mais ou a menos. Nessas situações, um odontopediatra deve ser consultado para a realização de radiografias e das devidas orientações e condutas específicas para o bebê.

Os dentes de leite ajudam a criança a realizar as funções orais corretamente, favorecendo o adequado crescimento e desenvolvimento orofacial (foto 1). A criança deve ter 10 dentes de leite no arco superior (foto 2) e 10 dentes de leite na arcada inferior (foto 3).

Temporários, mas muito importantes

Os dentes de leite, embora temporários, são muito importantes e devem permanecer saudáveis durante toda a infância, sendo gradativamente substituídos pelos dentes permanentes. Sua manutenção durante esse período é necessária, pois direcionam e coordenam a posição e espaço dos dentes permanentes. Quando estão bem posicionados, também estimulam o crescimento dos arcos por meio da mastigação, da fala e do estabelecimento das funções orais (posição da língua, o ato de engolir e respirar, dentre outras). Já quando apresentam grandes lesões de cárie ou perdas antecipadas, pode-se observar perda de espaço para a erupção dos dentes permanentes. Além disso, traumas ou infecções nesses dentes também podem causar alterações importantes na formação dos dentes permanentes.


Dentes de leite saudáveis ajudam no desenvolvimento adequado dos dentes permanentes


Os dentes de leite têm a valiosa função de manter a integridade dos arcos dentários para que se estabeleça o adequado desenvolvimento e crescimento da face e da boca da criança. Quando bem cuidados, proporcionam um sorriso bonito e saudável, favorecendo a fala, a estética e a autoimagem da criança. Recomenda-se hábitos saudáveis de alimentação e de higiene oral, juntamente com visitas regulares ao odontopediatra.

___
Relatora:
Dra. Dóris Rocha Ruiz

Grupo de Trabalho de Saúde Oral da Sociedade de Pediatria de São Paulo

Publicado em 13/06/2019


Este blog não tem o objetivo de substituir a consulta pediátrica. Somente o médico tem condições de avaliar caso a caso e somente o médico pode orientar o tratamento e a prescrição de medicamentos.


Esta obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil.