Pais não percebem que seus filhos estão obesos

dreamstime_xs_18590013A revista virtual Hype Science publicou matéria sobre estudo no qual metade das mães participantes não considerou seus filhos obesos, mesmo as crianças estando visivelmente acima do peso. O mesmo estudo avaliou os pais no mesmo quesito e o resultado foi que 39% deles não achavam o filho gordinho. Segundo o artigo, quando a criança estava apenas um pouco acima do peso (mas com mais quilos do que o recomendado), a quantidade de mães que não percebe isso sobe para 75% e de pais sobe para 77%. A pesquisa revelou também, entre outras coisas, que mães e pais de crianças gordinhas eram significantemente mais obesos do que os pais de crianças com peso normal, que os pais prestavam mais atenção em seu próprio peso do que no de seus filhos, e aproximadamente quatro em cada cinco pais disse que gostaria de receber informações sobre o peso de seu filho, independente se achava que a criança estava obesa ou não.

Hype Science, 16 de março de 2010
http://hypescience.com/27440-a-maioria-dos-pais-nao-percebe-que-seus-filhos-estao-obesos/

Comentários:
Dra. Cristiane Kochi
Presidente do Departamento Científico de Endocrinologia da SPSP (2013-2016)

Recentemente foi publicado estudo que mostra que metade das mães considerou que seus filhos não estavam obesos, mesmo as crianças estando visivelmente acima do peso. E, do lado dos pais, o resultado foi que 39% deles não achavam o filho gordinho. Quando a criança estava apenas um pouco acima do peso (mas mesmo assim, com mais quilos do que o recomendado), a quantidade de mães que não percebe isso sobe para 75% das mães e 77% dos pais.

Ainda hoje é frequente a cultura de achar que criança gordinha é mais bonita e saudável. No entanto, sabemos das complicações associadas ao ganho de peso inadequado na infância. Cerca de 60% das crianças obesas tem risco de se tornarem adultos obesos. O risco de doenças como diabetes, pressão alta, alterações do colesterol também é maior nesse grupo. Portanto, é importante o acompanhamento das crianças com o pediatra, para o diagnóstico precoce de alterações do crescimento e desenvolvimento.

___
Publicado em 03/01/2014.
photo credit: | Dreamstime.com

Este blog não tem o objetivo de substituir a consulta pediátrica. Somente o médico tem condições de avaliar caso a caso e somente o médico pode orientar o tratamento e a prescrição de medicamentos.

Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil.

Author: SPSP

Share This Post On