Momento Saúde: vício em games – quando se preocupar?

saúde mentalA coluna Momento Saúde foi criada para que você possa ter informações rápidas sobre um determinado tema de relevância para a saúde das crianças e adolescentes, com textos curtos e de linguagem simples. Com uma postagem por semana, esta coluna será seu momento de dicas, alertas e cuidados.

Vamos tratar de:
vício em games

 

Vício em games – quando se preocupar?

Jogar videogames pode ser benéfico para o desenvolvimento cognitivo das crianças e adolescentes por estimular o raciocínio, a estratégia, a tomada de decisão, a atenção e a memória.

Além disso, os games são um dos elementos que unem crianças e adolescentes em seus grupos sociais. Quem já não ouviu a frase: “Mas todos os meus amigos jogam! ”, quando se quer restringir o seu uso?

Contudo, a constatação de que a dependência pelos jogos está aumentando significativamente nessa fase do desenvolvimento, com sérios prejuízos para os jovens, fez com que, pela primeira vez o vício em games fosse considerado um distúrbio mental pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

saúde mental

superanton | Pixabay

 

___
Relatora:
Vera Ferrari Rego Barros
Departamento Científico de Saúde Mental da SPSP.

Publicado em 13/06/2018.

Este blog não tem o objetivo de substituir a consulta pediátrica. Somente o médico tem condições de avaliar caso a caso e somente o médico pode orientar o tratamento e a prescrição de medicamentos.

Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil.

Author: SPSP

Share This Post On