Momento Saúde: álcool e drogas – quando conversar

combate as drogasA coluna Momento Saúde foi criada para que você possa ter informações rápidas sobre um determinado tema de relevância para a saúde das crianças e adolescentes, com textos curtos e de linguagem simples. Com uma postagem por semana, esta coluna será seu momento de dicas, alertas e cuidados.

O tema agora é:
aconselhamento sobre álcool e drogas

 

Quando começar a conversar sobre drogas?

Entre pais e cuidadores, é frequente a dúvida sobre quando começar a conversar com as crianças sobre drogas. A resposta é: desde muito cedo. O tema já deve existir na família mesmo antes da criança nascer, pois se os pais fumam, bebem em excesso e usam drogas, isso poderá influenciar seus filhos, já que o exemplo é um dos pilares dessas questões.

Segundo pesquisa feita em 10 escolas da região do Butantã, em São Paulo, a presença dessa discussão, aliada a trocas de ideias com a família, foi o único fator positivo na diminuição da experimentação de drogas pelos jovens, superando a presença de espiritualidade, esportes, atividades culturais e/ou sociais.

Quanto mais precoce e repetitivo o aconselhamento, maior o alcance do objetivo: tolerância zero para o tabaco, para a maconha e para a bebida alcoólica antes dos 18 anos. E lembrem-se: cerveja é bebida alcoólica.

Free-Photos | Pixabay

___
Relator:
Dr. João Paulo Lotufo
Coordenador do Grupo de Estudos de combate ao uso de drogas por crianças adolescentes da SPSP.

Publicado em 18/07/2018.

Este blog não tem o objetivo de substituir a consulta pediátrica. Somente o médico tem condições de avaliar caso a caso e somente o médico pode orientar o tratamento e a prescrição de medicamentos.

Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil.

Author: SPSP

Share This Post On