Freio de língua: uma abordagem necessariamente multiprofissional

Amamentar é natural. Mas não é simples ou fácil. Precisa de informação, apoio da família e muitas vezes de uma equipe para seu sucesso.

São muitos os fatores que estão relacionados ao desmame precoce, mas um deles merece atenção como um “novo” vilão no pedaço: o freio de língua. Sabia que se ele não é adequado, ele prende a língua, que não consegue sair e fazer sua função para uma boa sucção?

aleitamento materno

Mães têm chegado ao consultório com grande dificuldade na amamentação, na intenção do desmame, com fissuras, muita dor, depressão e bebês ansiosos, com crises de choro, ganho de peso inadequado, engasgos, mamadas ineficientes, com longa duração, que podem indicar a necessidade de intervenção fonoaudiológica e/ou odontopediátrica.

O diagnóstico precoce da anquiloglossia (língua presa ou freio sublingual curto) pode ser feito na sala de parto, na maternidade ou desde a primeira consulta de puericultura e pode indicar a imediata remoção do freio, para favorecer a amamentação. A análise da língua e a avaliação se os freios dividem a ponta da língua, formando um coração ou a língua que não se eleva durante o choro, é tão importante quanto observar a mamada durante as consultas.

Assim que o pediatra detectar qualquer dificuldade, a avaliação fonoaudiológica é fundamental para analisar se a dinâmica da mamada está eficiente e se a interferência se dá somente devido a alterações dos freios linguais, nem sempre tão evidentes. Exercícios específicos e orientações adequadas poderão solucionar alguns problemas. As demais indicações de retirada do freio lingual devem ser analisadas pelo pediatra, pelo fonoaudiólogo e pelo odontopediatra.

Esse pode ser o primeiro desafio a ser transposto para uma amamentação prazerosa e eficiente. E a ação da equipe pediatra/fonoaudiólogo/odontopediatra é a base para esse sucesso.

Proteger a amamentação: construindo alianças sem conflitos de interesse!
Semana Mundial de Aleitamento Materno 2017.

___
Relatores:
Adriana Mazzoni e Maria Teresa Cera Sanches

Grupo de Saúde Oral da Sociedade de Pediatria de São Paulo.
Dr. Moises Chencinski
Departamento Científico de Aleitamento Materno da Sociedade de Pediatria de São Paulo.

Publicado em 08/08/2017.
photo credit: Wong Sze Yuen | Dreamstime.com

Este blog não tem o objetivo de substituir a consulta pediátrica. Somente o médico tem condições de avaliar caso a caso e somente o médico pode orientar o tratamento e a prescrição de medicamentos.

Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil.

Author: SPSP

Share This Post On