Faltam pediatras nos consultórios e os que persistem sofrem agressões

GloboUm dos problemas graves na área pediátrica foi revelado por uma pesquisa encomendada pela Sociedade de Pediatria de São Paulo (SPSP) ao DataFolha: 70% dos pediatras afirmaram ter sofrido algum tipo de agressão em seu espaço de trabalho.

O pediatra está em falta nos consultórios e os que ainda estão no consultório persistem por amor a profissão. Para resgatar a qualidade do atendimento, é necessária a compreensão por parte da sociedade de que, muitas vezes, o pediatra está condicionado e limitado a diversos fatores (internos e externos) que o impedem de melhorar sua atuação, da mesma forma que os pais se sentem indignados por não receberem o melhor para os seus filhos no tempo desejável.

O resgate das relações entre pediatras e pais é fundamental para a melhora em todos os aspectos, para um melhor atendimento e para que o desejo por esta especialidade retorne. A SPSP busca a atenção da mídia e de toda a sociedade para este problema. Veja a reportagem que saiu hoje, no Bom dia Brasil.

http://globotv.globo.com/rede-globo/bom-dia-brasil/v/sete-em-cada-dez-pediatras-ja-sofreram-algum-tipo-de-agressao-em-sao-paulo/4129612/

Compartilhe!
‪#‎SemAgressãoAoPediatra

___
Publicado em 23/04/2015.

Este blog não tem o objetivo de substituir a consulta pediátrica. Somente o médico tem condições de avaliar caso a caso e somente o médico pode orientar o tratamento e a prescrição de medicamentos.

Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil.

Author: SPSP

Share This Post On