Dúvidas sobre amamentação (parte 1)

medium_3467632119Será que tenho leite suficiente?

Muitas maternidades não possuem rotinas que apoiam e protegem o Aleitamento Materno. Desta forma, é muito comum, principalmente nos primeiros dias, a mãe ter a impressão de que seu leite não é suficiente e muitas vezes chegam até complementá-lo com fórmulas lácteas.

É importante que a mãe adquira confiança na sua capacidade de amamentar e entenda que a produção do leite é relacionada com a produção de hormônio prolactina, da pega e da sucção. A ejeção (saída do leite) depende do hormônio ocitocina que é liberado quando a mãe está tranquila e relaxada. A sucção estimula a aréola que desencadeia a produção de prolactina através do estímulo de uma parte do cérebro chamada de hipófise anterior. Isso explica o porquê de quanto mais o bebê suga mais mãe produz leite.

Para que a criança consiga retirar o leite da mama, a pega deve ser adequada, isto é, a criança deve abocanhar boa parte da aréola (parte escura da mama). O peito deve ser colocado na boca quando ela estiver bem aberta, e isso acontece quando se toca o mamilo em cima ou em baixo do lábio.

O sonho de quase todas as mulheres é ter o leite espirrando da mama no momento do nascimento de seus filhos, mas a realidade não é essa, principalmente nos primeiros dias de vida. O primeiro leite produzido se chama colostro, que vem em pequena quantidade, mas é suficiente para garantir a nutrição da criança nos primeiros dias de vida.

Para ter certeza de que o bebê está tirando o leite, a mãe deve observar a bochecha do seu filho, na hora da mamada, que deve ficar redonda. A criança não costuma fazer barulho ao sugar, por outro lado a mãe pode ouvir a deglutição (“gluc”). O bebê apresenta urina clara, sem cheiro, deve urinar pelo menos 6 vezes ao dia e evacuar em quase todas as mamadas, fezes amolecidas e amareladas, depois da primeira semana de vida.

Sugestão de vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=scsAp3CaKfA

Na próxima quarta-feira publicaremos a parte 2.

___
Relatoras:
Marisa da Matta Aprile
Presidente do Departamento Científico de Aleitamento Materno da SPSP (2013-2016)
Maria José Guardia Mattar
Vice-presidente do Departamento Científico de Aleitamento Materno da SPSP (2013-2016)

Publicado em 20/11/2013.
photo credit: c r z via photopin cc

Este blog não tem o objetivo de substituir a consulta pediátrica. Somente o médico tem condições de avaliar caso a caso e somente o médico pode orientar o tratamento e a prescrição de medicamentos.

Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil.

Author: SPSP

Share This Post On