Crianças mordem para aliviar a dor do nascimento dos dentes

medium_7524472378O portal Terra na internet publicou matéria sobre o hábito reprovável, mas muito comum durante a primeira infância, em especial durante o nascimento dos dentes: morder. O artigo fala sobre a “fase oral”, período em que é comum colocar objetos na boca e morder os demais, o nascimento dos dentes, que causa desconforto nos pequenos e o medo e a ansiedade causados pela fase de mudanças e crescimento. A matéria contou com a participação da Dra. Renata De Luca, do Departamento Científico de Saúde Mental da SPSP.

Terra, 25 de janeiro de 2013
http://mulher.terra.com.br/vida-de-mae/criancas-mordem-para-aliviar-a-dor-do-nascimento-dos-dentes,e6f0efb855d6c310VgnVCM5000009ccceb0aRCRD.html

Comentários:
Grupo de Trabalho de Saúde Oral da SPSP

Os dentes começam a aparecer por volta dos 6 meses e as crianças tendem a morder e babar mais com o nascimento dos dentes de leite devido ao prurido (coceira) que esta erupção causa nas gengivas. A recomendação dos dentistas é oferecer mordedores especialmente desenvolvidos pra isso – mordedores gelados podem proporcionar um maior alívio.

Neste momento está iniciando a função mastigatória e os bebês tendem a praticá-la com diferentes objetos, além dos alimentos, muitas vezes não mensurando a força durante esta função. Alimentos secos, duros e fibrosos, como algumas frutas, legumes e verduras cruas (maçã, pera, pepino, cenoura, brócolis etc.), são excelentes alternativas para estimular as gengivas e a mastigação e podem ser oferecidos com esse objetivo.

Não é recomendado o uso de alimentos como bolachas e pães para aliviar esse desconforto gengival devido o risco de cárie que o tempo prolongado de permanência destes alimentos na boca pode causar.

Em alguns casos o processo inflamatório local provocado pela erupção pode levar a criança a ficar mais irritada e aumentar sua agressividade, MAS NÃO SE PODE creditar apenas à erupção do dente o motivo de “morder o amiguinho”.

___
Publicado em 20/12/2013.
photo credit: FrankGuido via photopin cc

Este blog não tem o objetivo de substituir a consulta pediátrica. Somente o médico tem condições de avaliar caso a caso e somente o médico pode orientar o tratamento e a prescrição de medicamentos.

Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil.

Author: SPSP

Share This Post On