Agosto Dourado – mais que uma lei: um direito da infância

Cada fato precisa ser analisado. Cada vitória, comemorada. Cada passo, programado.

No dia 12 de abril de 2017, foi sancionada a lei que institui o mês de agosto como o Mês de Aleitamento Materno: o AGOSTO DOURADO.

Chama nossa atenção a proposta de atividades:

Parágrafo único. No decorrer do mês de agosto serão intensificadas ações intersetoriais de conscientização e esclarecimento sobre a importância do aleitamento materno, como:
I – realização de palestras e eventos;
II – divulgação nas diversas mídias;
III – reuniões com a comunidade;
IV – ações de divulgação em espaços públicos;
V – iluminação ou decoração de espaços com a cor dourada.

Todas são ações possíveis. E como nada acontece por acaso, o tema da Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM) de 2017 é:
Sustaining Breastfeeding – Together – Sustainable partnership and the rule of law

Para nós, por enquanto:
Trabalhando juntos pela amamentação, sem conflitos de interesse.

Dra. Amal Omer-Salim, Vice-Diretora Executiva da World Alliance for Breastfeeding Action – WABA diz que “…apesar do aumento das evidências, da advocacia e melhoria das políticas de saúde quanto a amamentação, muitos desafios ainda permanecem. No mundo, apenas 38% das crianças são amamentadas exclusivamente até seis meses de idade. A meta global até 2025 é que pelo menos 50% dos lactentes sejam amamentados. Isso exige uma vasta combinação de esforços que vai além da amamentação, em vários outros níveis como a equidade de gênero, direitos trabalhistas, nutrição e saúde, meio ambiente e desenvolvimento econômico. O desenvolvimento sustentável não pode ser alcançado se não trabalharmos juntos. ”

Assim, a sintonia não poderia ser mais perfeita para esse momento. Uma lei que abre a oportunidade de trabalharmos um mês inteiro sobre a informação, a divulgação e a implementação do aleitamento materno e o tema da SMAM de colaboração e cooperação, de forma ética, para que em 2025 tenhamos a média mundial de 50% de aleitamento materno até o 6º mês de vida.

Depende de cada um de nós o esforço para trabalharmos juntos. O governo, a sociedade, as escolas, as empresas, profissionais de saúde, a mídia, as famílias são todos importantes e fundamentais para evoluirmos e atingirmos o melhor e mais completo princípio da saúde infantil: aleitamento materno desde a sala de parto, exclusivo e em livre-demanda até o 6º mês, estendido até 2 anos ou mais.

A lei entra em vigor 180 dias após sua publicação. Isso quer dizer dia 12 de outubro. Mas nosso AGOSTO DOURADO começa agora. Já começou. Vamos juntos alcançar o que é de direito da infância brasileira.

Democracia é oportunizar a todos o mesmo ponto de partida. Quanto ao ponto de chegada, depende de cada um.
Mário Quintana.

___
Relator:
Departamento Científico de Aleitamento Materno da SPSP.

Publicado em 20/04/2017.
photo credit: yc0407206360 | Pixabay.com

Este blog não tem o objetivo de substituir a consulta pediátrica. Somente o médico tem condições de avaliar caso a caso e somente o médico pode orientar o tratamento e a prescrição de medicamentos.

Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil.

Author: SPSP

Share This Post On